Dave Grohl being Dave Grohl

   

   

Anúncios

Indie de sapatênis

Ultimamente tá na moda falar mal de Legião Urbana. Renato Russo e cia ficou brega, sabe-se lá o porquê… mas isso até Legião ficar vintage, é cla-ro. Eu não ouço, mas já ouvi muito. Nada contra. Eu cantarolo quando ouço alguma música na rádio. Vou esconder? Jamais. Sei cantar Índios inteirinha.

Quem me conhece também sabe que eu amo Robertão 60/70. Adoro um breguerê dessa época, aliás.

Dos gringos: Roxette. Sou apaixonada por Roxette até os dias de hoje.

Dave Grohl: muso. Desde menina, mas eu não vou repetir esse discurso. Foo Fighters virou um novo U2? Grande merda. Pelo menos o Dave não quer salvar a Somália sozinho. E se quisesse também, por mim tudo bem. Bono e U2 têm o seu mérito, é claro que sim.

É brega? Over? Sei lá, não me reprimo.

Não vivo sem os meus guilty pleasures. Aliás, guilty pleasure é o ca*****, eu gosto mesmo e ponto. Bush e Silverchair. Shampoo! Quem lembra de Shampoo? E Ace Of Base?

Bandas com nome estranho? Whatever, eu amo Bidê ou Balde, Graforreia Xilarmônica, Nervoso, Luísa Mandou um Beijo… preconceito com isso? Jamais. Bandas excelentes, ao meu ver.

Acompanho, mato e morro pelas bandas independentes dos meus amigos.

Enfim, como eu disse, não me reprimo. Melhor me assumir que usar sapatênis, né? Ou pior: pagar de indie de sapatênis :)

Foto via